terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Meu Jardim Nota 10 STIHL: saiba mais sobre a promoção



É hora de fazer mais e melhor no seu jardim. É hora de participar da promoção Meu Jardim Nota 10 STIHL. Na compra de produtos da linha de jardinagem, você concorre a 10 prêmios de 10 mil reais em produtos STIHL.
Veja como é fácil concorrer.
  1. Compre um produto da linha de jardinagem STIHL
  2. Acesse o hotsite meujardimnota10.stihl.com.br e preencha seus dados
  3. Cadastre o número de série do seu produto
  4. Um cupom para o sorteio será gerado e um e-mail de confirmação enviado para o e-mail cadastrado
  5. Depois é só torcer!
Você pode cadastrar mais de um produto STIHL. Quanto mais participar, mais chances tem de ganhar!

Qual o prêmio da promoção Meu Jardim Nota 10?

10 prêmios de 10 mil reais em produtos STIHL! O sorteio será realizado no dia 04/04.



Fonte: | Blog Stihl |



PRECISOU DE PRODUTOS STIHL? #NaKausbenTem


Venha e confira! Rua Sete de Abril, Nº 573 e 601 - Petrópolis/RJ
📞 (24) 2231-6644
📱 WhatsApp: (24) 97402-4777

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Pantone revela a cor do ano de 2018

O tom de púrpura Ultra Violet foi o eleito pela Pantone como a cor de 2018 por sua "originalidade"e "complexidade"


Como já é tradição, a Pantone elegeu qual será a cor tendência do próximo ano. Para 2018, o grupo elegeu o Ultra Violet, um tom forte de púrpura que, segundo a organização, “comunica originalidade, engenhosidade e um pensamento visionário”.

Em 2017, a Pantone elegeu o Greenery como a cor do ano para sugerir novos começos. Para a próxima temporada, a proposta foi outra. “Queríamos escolher algo que trouxesse esperança e uma mensagem edificante”, explica.

“É também a mais complexo de todas as cores”, diz Leatrice. “Porque leva duas sombras que aparentemente são diametralmente opostas – azul e vermelho – e as traz juntas para criar algo novo”. Em 2017, a Pantone elegeu o Greenery como a cor do ano para sugerir novos começos. Para 2018, a proposta foi outra. “Queríamos escolher algo que trouxesse esperança e uma mensagem edificante”, explica.
O Ultra Violet, um forte tom de púrpura, é a cor de 2018 eleita pela Pantone (Reprodução/Houzz)


Adorno Rupestre é a cor eleita pela Coral para 2018 (Divulgação/Tintas Coral)

Terra Roxa é a aposta da Suvinil para o próximo ano (Divulgação/Suvinil)

Para a Lukscolor, a casa de 2018 pede ambientes calmos. Por isso, o lançamento da marca é o Reflection, um azul suave e acinzentado, que cria ambientes aconchegantes e delicados (Divulgação/)

O azul Melodia do Mar criado pela Sherwin-Williams é a aposta para quem deseja recarregar o estado de espírito e relaxar (Divulgação/)
(Divulgação/)
(Divulgação/)
Adorno Rupestre foi a cor escolhida pela Coral para a próxima temporada. O tom é um cinza rosado, suave e quente, que remete à aconchego (Divulgação/)

(Divulgação/)
(Divulgação/)
De olho no reencontro com a natureza, a Eucatex elegeu o Eucalipto como carro-chefe da marca em 2018. O verde escuro, que fica entre o esmeralda e o musgo, funciona como uma aproximação direta da natureza (Divulgação/)
(Divulgação/)



Precisou de Acessórios para móveis, ferramentas, parafusos, pregos? #NaKausbenTem Venha e confira!


Fonte: Casa Cláudia

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

BUCHAS: tipos & aplicações. Como escolher?


Hoje o consumidor encontra no mercado buchas de nylon e de plástico e não conhece a diferença entre elas e nem como identificá-las.
O nylon (polyamida) utilizado na fabricação de buchas, proporciona melhor qualidade, maior durabilidade e resistência à extração.
Já o plástico (polietileno), normalmente reciclado para a fabricação de buchas, não oferece a durabilidade nem a resistência indispensável para a segurança da aplicação do produto.

Buchas S

Buchas de boa qualidade para fixação têm sua medida impressa na base do produto.
Essa medida corresponde à medida da broca.

Adequadas para concreto e materiais de alvenaria, desde tijolo maciço até placas pré-moldadas, passando por concreto celular.




Indicação de Montagem

TipoPerfuração
diametro – mm
Profundidade minima
da perfuração
Profundidade minima
da ancoragem
Comprimento
da bucha
Diametro do parafuso
mm 
de – até
S442520202 – 3
S553525253 – 4
S664030303,8 – 5
S774030304,2 – 5,5
S885540404,8 – 6
S10107050505,5 – 8
S12128060608 – 10
S141490757510 – 12
S1616100808011 – 12
S2020120909016
S6A64030303,8 – 5
S8A85540404,8 – 6


As lingüetas de bloqueio impedem que a bucha gire com o parafuso dentro da perfuração e os dentes, profundamente marcados, se ancoram por atrito aos materiais macios ou toscos.

As duas metades longitudinais da bucha reforçam sua seção progressivamente em direção à ponta, para que a pressão de expansão por aparafusamento aumente com a profundidade.


Colocação de Bucha


Nylon ou metal


Em nylon ou metal, as buchas garantem maior segurança e eficiência na fixação de materiais em superfícies sólidas ou ocas.








Buchas metálicas expansivas


Adequados para gesso acartonado , placas de gesso com fibras, madeira aglomerada, placas de fibras aglomeradas, placas maciças de lã vegetal, placas de fibras prensadas, chapa em arco, teto de gesso etc.


Buchas pré-montadas com parafuso rosca métrica, próprias para divisórias e placas de gesso.

Buchas abertas com mola


Buchas com aletas metálicas para fixação de objetos suspensos em forros e lajes ocas.





Buchas de nylon longas

Para aplicações diversas, como a fixação de batentes em superfícies sólidas ou ocas.







Com Pitão

Com Gancho
Buchas para materiais ocos
Buchas Universais de Nylon, próprias para fixação em superfícies com blocos, tijolos vazados, forros, etc.
Com cone metálico de expansão
Com cone metálico de expansão, para fixação em materiais sólidos e ocos.


Com parafuso cabeça chata


Com parafuso cabeça panela




Buchas FU


Pode ser usada em concreto, tijolo maciço, perfurado e oco, concreto celular, placas de gesso acartonado e de outros materiais a partir de 6 mm de espessura.
Para fixação de prateleiras, armários leves de parede, trilhos de cortina, rodapés, interruptores, calhas para cabos, lâmpadas, grampos para fixação de cabos, toalheiros, espelhos , armários de banheiros, saboneteiras etc..




Indicação de Montagem


O comprimento mínimo do parafuso é calculado a partir do comprimento da bucha mais a espessura do objeto a ser fixado.

Em fixações sobre tijolos e paredes ocas, os ganchos e os pitões deverão estar dotados de uma ponta de penetração para que a bucha possa dobrar-se.

É imprescindível que os parafusos empregados tenham os diâmetros propostos.

Em materiais macios, perfurar somente por giro (martelo desligado) e em gesso acartonado, somente com brocas para metal.


Tipo

Perfuraçãodiametro – mm 

Profundidade minima da 
perfuração

Comp. minima
da ancoragem

Diametroda bucha
Diametro
do 
parafuso mm
de 
– até

FU
6×35

6

45

6

35

– 3,5

FU
8×50

8

60

6

50

– 5

FU
10×60

10

70

6

60

5 – 6

FU
8×50

8

60

6

50

– 5

FU
10×60

10

6

60

– 6
Quando é colocada em materiais maciços, a bucha sem parafuso no início se estreita ao ser introduzida na perfuração.

Ao colocar o parafuso, o corpo de nylon se expande e pressiona a parede interior da perfuração em toda sua superfície. Utilizando parafusos rosca madeira você conseguirá a resistência máxima.

Quando é montada em tijolos ou paredes ocas (por exemplo, gesso acartonado) a bucha se arqueia lateralmente devido ao roscado do parafuso e forma um ferrolho no buraco.

Empregando parafusos rosca aglomerado (com rosca até a cabeça) você conseguirá sempre a flexão máxima da bucha.




Precisou de buchas? #NaKausbenTem



Fonte: | Faz Fácil |

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

MÁSCARA DE SOLDA AUTOMÁTICA: SAIBA COMO FUNCIONA

O processo de solda é, em todos os casos, um processo perigoso. Ao lidar com o trabalho, o soldador fica exposto ao calor, radiação, respingos de metal derretido, fumos, ruídos, à luminosidade… E você notou algo em comum entre todos esses males exemplificados?

Isso mesmo: todos eles afetam diretamente o rosto do soldador.

Por ser um trabalho que exige, além de destreza, um bom olho do profissional, é comum permanecer próximo do metal base enquanto se faz o serviço. No entanto, isso expõe o a a cabeça inteira do soldador à lesões e perigos.

Se não trabalhar protegido, o soldador pode sofrer queimaduras e, caso a negligência durar muito tempo, até mesmo câncer de pele. Além disso, os respingos podem danificar gravemente a visão, assim como a radiação da alta luminosidade vinda do arco elétrico.

É justamente por isso que a V8 Brasil, preocupada acima de tudo com a segurança do profissional soldador, desenvolveu uma a máscara de solda automática.

O que é uma máscara de solda automática?


Sabe aquela clássica máscara de soldagem? Para os parâmetros de trabalho presentes na indústria de hoje, ela é inadequada. Sem regulagens possíveis e sem automatização de lentes, ela pode ser mais vilã que amiga do soldador.


No entanto, a máscara de solda automática da V8 Brasil, em seus dois modelos disponíveis, são a evolução necessária para os EPIs de soldadores do Brasil. Com construção ajustável, lentes tecnológicas e materiais duráveis, elas são a resposta certa para a proteção dos profissionais.


Qual a diferença entre os modelos de máscara de solda automática?


A máscara de solda automática do modelo SR1 é o modelo mais básico produzido pela V8 Brasil. Com ele, o soldador conta com uma grande área de visão, de 90 mm x 35 mm, e catraca ajustável para encaixar com conforto na cabeça.

Sua lente é capaz de filtrar 100% de toda radiação ultravioleta e infravermelho do foco de luminosidade do arco elétrico. Ela ainda conta com tecnologia de escurecimento automático, que vai desde o DIN 3 (luz natural, janela transparente) até o DIN 11.

O sistema de auto escurecimento é tão eficaz que sua mudança ocorre em cerca de 0,0003 segundos após entrar em contato com a luz vinda do processo de solda. Por isso, é ideal para todos os tipos de solda elétrica, em especial MIG/MAG.

Agora, o modelo top de linha da V8 Brasil é a máscara de solda automática modelo CR2. Semelhante à irmã SR1, mas com enormes upgrades tecnológicos, ela é ideal para ambientes de solda que necessitam de lentes com escurecimento automático.

Porém, seu diferencial é que, além do grau de escurecimento poder ser ajustado pelo soldador, ele também pode ajustar o tempo de demora para a máscara escurecer, além da sensibilidade da luz em fechar a lente. Esses ajustes são muito úteis quando, por exemplo, um soldador tem um companheiro soldando ao lado. O ajuste de sensibilidade de luz faria com que a luz da outra solda não escurecesse a máscara em uso.

A vantagem disso é que dá ao soldador autonomia para regular a visão conforme suas preferências, mas ainda conservando a total segurança de sua visão. Assim, o modelo CR2 oferece sensibilidade ajustável e possibilidade de atraso no escurecimento automático.

Sua lente transparente sob luz natural (DIN3) consegue ajustar-se de forma automática para DIN9 até DIN13 em 0,0001 segundos. Com área de visão ainda maior (92 mm x 42 mm), possui 5 níveis de regulagem na altura dos olhos. Assim, o soldador pode posicionar o visor da forma que achar melhor ou se adequar ao serviço.

Diferente do modelo SR1, o modelo CR2 pode ser usado por toda indústria. É ideal para proteger soldadores que trabalham com soldas elétricas, TIG, MIG/MAG e corte plasma. Lembrando que oferece 100% de proteção contra raios ultravioleta e infravermelhos.


Ambas as máscaras estão de acordo com os padrões internacionais de segurança e são fabricadas de forma ergonômica, assim, protegem os olhos do profissional e facilitam seu trabalho.

Viu como uma máscara de solda automática pode influenciar nos seus processos de solda? Esperamos que esse artigo possa ajudar a sanar suas dúvidas sobre o equipamento e ajudar a escolher entre melhores modelos do mercado. Mas se ficou alguma dúvida sobre máscara de solda automática ou sobre o processo de soldagem, basta deixar um comentário aqui no nosso blog.


Precisou de máscara de solda? #NaKausbenTem




Fonte: Blog V8

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Sabe qual a melhor chave para colocar na porta de entrada? E na garagem? Conheça os tipos de chave disponíveis no mercado e escolha a melhor.

A segurança é um ponto muito importante a ser pensando na hora de comprar ou reformar uma casa. Existem diversos sistemas de segurança disponíveis no mercado, mas a boa e velha chave é indispensável na maioria dos casos. Mas você acha que elas são todas iguais? Não se engane, existem muitos tipos diferentes, confira os prós e contras alguns modelos de chave.


Chave Gorge


É um dos modelos mais antigos de chave, sua segurança é muito baixa, por isso, não é mais utilizada em portas externas, somente em quartos e banheiros.





Chave Yale


É o modelo mais conhecido das chaves, é comum em portas, fechaduras e cadeados. Sua trava de segurança é formada por pinos e dentes, é um modelo mais seguro do que a chave gorge, porém, o segredo da chave é um só. Para mais segurança, opte pela Yale dupla, ela possui dentinhos dos dois lados e dois segredos diferentes.


Chave Tetra


É uma das chaves mais seguras que existem, a chave tetra, como o próprio nome já diz, possui 4 segredos, ela possui 4 lados com dentinhos, é ótima para portas de entrada, portas maiores ou comércios e garagens.



Chave Multiponto

Esse modelo possui até 12 pontos de travamento, o segredo é gravado em sua superfície. É uma das chaves mais resistentes contra a ação da chave micha ou qualquer outro tipo de abertura indevida. Ideal para portões ou lugares que precisam de uma maior segurança.





Chave Tubular


É uma chave mais comum em indústrias e painéis, diferente das outras chaves, seu formato, como o próprio nome já diz, tubular, dificulta a abertura por outros sistemas.





Chave Pantográfica


Esse modelo é utilizado em carros, o segredo é gravado nas laterais da chave e a segurança é alto.




Agora que você já conhece um pouco mais sobre os modelos de chaves, já pode escolher qual é a melhor para sua casa.

Na Kausben você encontra a segurança que você precisa para a sua casa. Venha e confira os modelos de fechadura.



Fonte: Getninjas 

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Universo feminino exige soluções para acomodar acessórios de maneira prática.






A mulher moderna precisa de agilidade no seu dia a dia para dar conta de todas suas tarefas, e uma das maneiras de ela conseguir isso é ter seus acessórios bem organizados – assim, não perde tempo na hora de se arrumar para os compromissos.

Organizadores são fundamentais para segmentar nichos específicos de pulseiras, brincos, colares, entre outros, facilitando a localização das peças e, de quebra, mantendo tudo arrumado, pronto para o próximo uso. Práticos, esses utensílios são encontrados com proporções diversas de espaço para cada acessório, acomodando itens de dimensões variadas como anel e óculos de sol.

Mas o universo feminino é pródigo em criar peças para compor o visual. Por isso, são necessários outros utensílios a fim de acomodar esse aparato de embelezamento. Bolsas, por exemplo, são objetos de desejo, mas podem ser difíceis de acomodá-las. Hoje, o mercado oferece prateleira com porta-bolsa, uma solução que pode ser colocada em armários ou guarda-roupas. Ganchos na parte inferior asseguram a acomodação das bolsas, e um tecido na parte superior serve como proteção contra a poeira – sem contar a facilidade para visualizar a peça a ser escolhida.

Prateleiras com gaveteiro são outro utensílio que pode fazer diferença na hora de brigar contra o relógio. Peças delicadas, como brincos ou pulseiras artesanais, ganham proteção nesses compartimentos com divisórias, que ainda podem ser instalados em móveis já finalizados.

Mesmo que a indústria fashion conceba acessórios de tamanhos, materiais e formatos diversos, sua equivalente na área moveleira e de solução para casa produz artefatos que conseguem acomodar tudo isso, garantindo à mulher de hoje o tempo necessário para seus afazeres.




Precisou de organizadores? #NaKausbenTem


Fonte: Blog Masutti Copat

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Presenteie nesse fim de ano



A vida cada vez mais atribulada torna a funcionalidade de objetos que compõem nossa casa essencial para dar conta de tantas tarefas. O corre-corre diário, potencializado com a proximidade dos compromissos de final de ano, ainda nos consome com ideias para presentear pessoas queridas – mas tão diferentes umas das outras – e até aquele conhecido da empresa que você não tem tanta intimidade. Nesta hora, acessórios para facilitar a rotina doméstica são um achado, pois adaptam-se à necessidade de cada um.

As opções no mercado são infinitas, portanto, uma dica importante para começar a busca pelo presente é descobrir qual peça da casa você deseja contemplar. Vamos supor que seja a cozinha. Se a pessoa gosta de cozinhar, um porta-tampa e talheres pode ser fundamental na hora de provar como anda aquele tempero – e ainda vai livrá-la de sujar a bancada. É só acomodá-la no utensílio, que depois pode ser dobrado e guardado numa gaveta.

Mas caso seu foco seja o quarto, uma saída podem ser os organizadores de bolsas. Simples e funcionais, fazem vizinhança a camisas e casacos de seu armário, uma vez que são uma espécie de cabide com uma estrutura em aramado e nichos para acomodar as alças.

Quem tem escritório em casa sabe que uma hora ou outra vai faltar espaço para distintos objetos, sejam papéis, canetas, grampeadores… Mas com simples suportes de fácil instalação, tudo fica mais funcional e à mão –os acessórios, que podem ter acabamento em couro sintético, são fixados, por exemplo, embaixo do tampo ou nas laterais dos móveis. Com presentes assim, todos vão ganhar um tempinho extra para curtir a família.


Precisou de aramados e produtos funcionais? #NaKausbenTem



Fonte: Blog Masutti Copat